terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Ladrão arrependido devolve dinheiro e escreve carta para a vítima


Um envelope anônimo endereçado para o "dono do dinheiro" foi deixado na caixa de correios da casa da vítima, no Centro da cidade






O morador de Sapucaia do Sul  Flá
vio Daniel Lassakoski, 45 anos, saia para o trabalho na manhã da última sexta-feira quando foi surpreendido por uma correspondência misteriosa: um envelope branco, sem identificação de remetente, apenas endereçado para "o dono do dinheiro". A carta foi deixada na caixa de correios da casa onde Flavio mora com os pais e as filhas, no Centro da cidade.

Ao abrir o envelope e dar de cara com
R$ 700, uma chave e uma carta formada por letras recortadas de jornais e coladas sob uma folha branca, Flávio começou a entender do que se tratava.


"Eu entrei na casa portão estava aberto precisava dinheiro para tratamento de meu filho que é doente hoje minha esposa fez eu devolver o dinheiro e a chave", dizia a carta.


Há duas semanas, ele teve a quantia próxima ao valor devolvido furtado de um balde onde guarda moedas.

— Minha mãe encontrou o envelope e estranhou não ter remetente e estar escrito em letras de jornais. Também achei estranho, mas quando eu li a mensagem logo relacionei com o dinheiro que me roubaram – conta o vendedor.







A poupança, diariamente abastecida por moedas, principalmente de R$ 1, serve para pagar as despesas de final de ano e já tinha sido roubada outra vez, o que fez o vendedor passar a esconder o baldinho de dinheiro embaixo da cama.

O recipiente é tão pesado que uma pessoa normal não consegue levantar sozinha e já acumulava cerca de R$ 1 mil.


– Todos os dias, quando chego em casa, largo uma, duas ou até três moedas. Nesse dia, reparei que alguém tinha mexido e que só tinha um terço da quantidade de moedas — lembra Flavio.


Ele acredita que a mãe tenha deixado a porta destrancada enquanto ia no mercado quando o furto aconteceu, mas não desconfia de ninguém, pois não conhece nenhuma pessoa nas condições descritas na carta. Também contou que a chave devolvida junto com o dinheiro não é de nenhuma das portas da casa.

– Agora vou pegar esse dinheiro, pagar todas as contas e o que sobrar vou colocar no banco. Não vou acumular mais moedas – garante.






Produção: Carolina Lewis

fonte: * Diário Gaúcho

Um comentário:

Programas de Afiliados disse...

Boa tarde,

Estamos compartilhando com os blogueiros e blogueiras amigas que existe um site que nos ajuda a obter ganhos com os nossos blogs, este site se chama EGRANA, os ganhos são contabilizados em cliques que os nossos leitores dão nos nossos blogs/sites, caso lhe interesse, envio o link indicando este site a você http://ads.egrana.com.br/indica/27202

Obrigado.