domingo, 16 de fevereiro de 2014

Guri de Uruguaiana traduz o dicionário gaudério




Chê!
Hoje resolvi fazer uma “cousa” diferente por aqui, é verdade!
Vou te ajudar a dar uma melhorada no vocabulário gaudério, isso porque um bom gaúcho, assim como eu, precisa saber falar fluentemente o gauchês! Mas que falta de opção!
Separei uns termos, como se diz, de A a Z, pra ti se inteirar mais desse vocabulário, dá só uma olhada:

Aspa: Chifre
Bolicho: Boteco, botequim
Chinoca: Mulher
Duro de Pelear: Difícil de fazer, trabalhoso
Estar com o pé no Estribo: Estar prestes a sair
Fatiota: Terno
Guapo: Forte, vigoroso, valente, bravo
Haraganear: Andar solto o animal por muito tempo, sem prestar serviço algum
Invernada: Grande extensão de campo cercado.
Jururu: Cabisbaixo, tristonho, abatido
Lasqueado: Trouxa
Macanudo: Designa alguém bonito ou algo legal
Negrinho: Brigadeiro (doce)
Oigalê: Exprime admiração, espanto, alegria
Pelea: Peleja, pugilato, contenda, briga, rusga, disputa, combate
Querenciar: Fazer parar com gosto, fazer entreter
Regalo: Presente, brinde
Sestear: Dormir depois do almoço
Taura: Valente, arrojado, destemido, pessoa que está sempre disposta a tudo
Uma-de-pé: Uma briga, conflito, luta
Vareio: Susto, sova, surra, repreensão
Xucro: Diz-se ao animal ainda não domado, bravio, arrisco
Zarro: Incômodo, difícil de fazer, chato

Que tal chê?



fonte: http://www.jairkobe.com.br/

Nenhum comentário: